Numerologia Cabalística

Há cerca de 4.000 anos os sumérios dominavam a Numerologia Cabalística e passaram esse conhecimento para os caldeus. Os caldeus passaram para os assírios, que por sua vez transmitiram para os egípcios, que dominaram o planeta por 1.700 anos.

Após a 2ª. Guerra Mundial o mundo era dividido em duas partes: a antiga União Soviética e os Estados Unidos da América. Para os EUA foram transmitidos os segredos da Numerologia Cabalística. E qual a nação que domina o mundo? Pois bem, esse conhecimento vem aos poucos sendo introduzido no Brasil, que futuramente vai estar à frente do concerto das nações.

O Alfabeto Hebraico é composto por 22 letras. Cada letra corresponde a um valor numérico, por exemplo, Weber, corresponde ao número 20=2. A Tabela de conversão cabalística é diferente da pitagórica.
Por volta de 1950 os geneticistas descobriram que o DNA é composto por 4 letras: ATCG, que se referem a 4 diferentes tipos de núcleos que se combinam entre si para criar palavras e sentenças que compõem o código genético do ser humano.

As letras hebraicas são formas universais, o alfabeto genético de todo o universo, para toda a humanidade. Essas letras atuam como antenas que estimulam e liberam as formas da mesma energia de toda a criação.

Assim, o seu nome é um código que lhe conecta a uma força específica. Interagir conscientemente com essas forças nos dá uma conexão direta com nossa alma e com o mundo espiritual.

Colocando em prática esse conhecimento da Numerologia Cabalística a vida de cada um de nós toma um outro rumo em que as vendas dos olhos são retiradas e a pessoa nasce para a luz, o sucesso, a prosperidade, a harmonia no lar, nos relacionamentos e nos negócios.

Autor: Weber Malcher
 

http://www.tatianacarrerfotografia.com.br